Será que seu celular está mesmo protegido de golpes?

senhacelular

O uso de aparelhos celulares para acessar a internet é predominante no Brasil. Segundo um estudo do IBGE, 92,1% dos domicílios entraram na web por meio dos dispositivos móveis. A praticidade de ter internet no celular e poder acessá-la em qualquer lugar é enorme, mas pode expor os usuários a alguns riscos. Pela popularização desse meio de comunicação, está cada vez mais comum os golpes a esse tipo de aparelho e é importante saber se proteger.

É por isso que a FS, empresa de serviços e soluções para operadoras e varejistas, criou o HERO, uma plataforma de segurança digital que possui uma série de funcionalidades para proteção de dados, armazenamento na nuvem, assistência ao cliente e controle parental. Segundo Cristina Famano, CMO da FS para o Brasil e América Latina, é importante sempre manter os dispositivos móveis o mais seguro possível. “Muitas pessoas não fazem isso por parecer complicado e é por isso que criamos a plataforma, para que ela pense pelos usuários”, explicou. “Nosso foco é ir além do conceito de antivírus para algo maior, o peace of mind. As pessoas só se sentem tranquilas quando estão 100% seguras e é isso que buscamos”, completou.

O HERO garante segurança nas conexões abertas, públicas e compartilhadas; auxilia no controle do acesso das crianças a conteúdos, redes sociais e chats; evita vírus e invasões virtuais; e oferece uma plataforma segura de armazenamento em nuvem. O aplicativo está disponível para compra nas lojas Fast Shop, Ricardo Eletro, Fnac e para degustação na App Store e no Google Play.

Mas, como saber se o celular está exposto ao risco? Existem algumas dicas fáceis e práticas de seguir que vão ajudá-los a se prevenir de golpes. Confira abaixo:

1 – Cuidado onde clica

Aplicativos de mensagens, e-mails e redes sociais estão sempre cheios de links suspeitos. Muitos golpes utilizam endereços encurtados ou mensagens de promoções para enganar os usuários e conseguir dados pessoais ou financeiros. A técnica conhecida como phishing pode trazer muitos problemas no futuro, deixando vulnerável até mesmo o cartão de crédito. A dica é: nunca clique em nada suspeito. Mesmo que alguém de confiança te mande um link pelo WhatsApp se certifique primeiro de que ele é seguro, já que o celular da pessoa pode estar infectado e a mensagem enviada sem que ele saiba.

2 – Wi-Fi público

Hoje em dia é comum que estabelecimentos comerciais, praças e ônibus disponibilizam internet gratuitamente. Porém, algumas redes de Wi-Fi públicas podem esconder alguns perigos. Redes sem fio utilizam protocolos de segurança (WEP, WPA e WPA2) para que apenas máquinas autenticadas consigam se conectar a elas. Porém, quando a rede é aberta, estes recursos não existem e todo mundo e pessoas más intencionadas podem invadir aparelhos mais frágeis. Por isso é muito importante ter aplicativos que protegem senhas, informações e arquivos pessoais. Só assim é possível se proteger e evitar ser espionado e roubado.

3 – Atualização

Muitos malwares se utilizam de brechas e erros dos aplicativos para invadir o celular. E é por isso que manter tudo atualizado é importante, já que quando as empresas detectam essas falhas, elas logo corrigem e enviam as atualizações para continuar mantendo os dispositivos protegidos.

4 – Antivírus

Todo mundo está acostumado a ter um programa de antivírus no computador, mas poucos se atentam a importância de também tê-lo no celular. Estes programas funcionam como uma recepcionista, fiscalizando tudo que entra e sai do celular e avisando qualquer sinal de perigo.

5 – Aplicativos

Hoje em dia existe uma gama de aplicativos para diversão, mobilidade, saúde, entre outros. Porém, muitos destes serviços não são seguros e podem ser a porta de entrada para possíveis invasões. Por isso, é preciso sempre se certificar da proveniência do que deseja baixar e ter sempre algum aplicativo de proteção que auxilie nessa triagem.

Anúncios

Governo promove evento para modernizar processo de orçamentos de obras públicas

Fatima Golçaves_PALESTRANTE

Fátima Gonçalves, da Diretoria de Novos Negócios da Trimble Brasil.

A Trimble, fabricante mundial de tecnologias avançadas para a produtividade, destaca como o uso da tecnologia Building Information Modeling (BIM), um novo conceito em projetos para construções, capaz de produzir as imagens em 3D e gerenciar informações de forma integrada e mais segura, pode impactar no processo de construção e gerenciamento de obras. A palestra vai acontecer durante o evento “Técnicas Atualizadas para Orçamentação de Obras Públicas”, promovido pelo Tribunal de Contas do Município de São Paulo (TCM), no dia 23 de novembro.

“É preciso se atualizar. Entender exatamente como a tecnologia pode potencializar os investimentos, melhorar a entrega e qualidade das obras. O BIM tem esse poder e utilizá-lo para gestão de obras públicas pode trazer um grande avanço ao país”, explica Fátima Gonçalves, da Diretoria de Novos Negócios da Trimble Brasil.

Estes modelos de obras do BIM são também 100% construtivos, independentemente da complexidade material ou estrutural e podem cobrir todo o processo de construção, desde o projeto conceitual até a fabricação, construção e o próprio gerenciamento da obra.

Durante a palestra, que acontece às 10h25, Fátima Gonçalves apresentará soluções para obras de infraestrutura e edificações, utilizando o BIM como base para a orçamentação, controle de cronograma e comparação planejado x executado. Além disso, a palestrante falará sobre outras novidades tecnológicas para gestão de obras.

“Como disseram os organizadores do evento, muito se tem falado sobre a nova forma de fazer projetos e como ela transforma a indústria da construção civil, e muitas também são as dúvidas que vêm no processo de adaptação a um novo método. Estamos aqui para ajudar todo o mercado a evoluir”, finaliza a diretora.

Serviço

Local: Auditório da Escola de Contas: Avenida Ascendino Reis, 1130 – Vila Clementino, São Paulo.

Horário: 09h00

Inscrições: no local

ILUMNO e Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) assinam acordo inédito para oferecer cursos na América Latina

ilumno

A ILUMNO, empresa que atua na transformação de instituições de ensino superior na América Latina, acaba de assinar um acordo inédito com o Massachusetts Institute of Technology (MIT), que trará pela primeira vez ao Brasil cursos da universidade norte-americana, considerada a melhor do mundo nos últimos 5 anos, segundo o QS World University Ranking.

O acordo tornará possível cursar via instituições brasileiras programas do MIT com conteúdo completo, exclusivo e em português. No Brasil, fazem parte da Rede Ilumno a Universidade Veiga de Almeida (UVA), no Rio de Janeiro; o Centro Universitário Jorge Amado (UniJorge), em Salvador; e o Centro Universitário Filadélfia (UniFil), em Londrina.

Concebidos para atender às necessidades modernas do mercado de trabalho, os cursos serão ministrados com aulas em português e espanhol (para as instituições que fazem parte da ILUMNO na América Latina), em uma plataforma 100% virtual, utilizando tecnologia de ponta fornecida pela ILUMNO e com o suporte de monitores do MIT.

Internet das Coisas e Big Data

O primeiro estágio do acordo compreende a oferta de dois cursos voltados para estudantes e profissionais que queiram complementar seus estudos com conhecimento específico: Internet das Coisas (IoT) e Big Data, com matrículas abertas a partir do primeiro trimestre de 2018.

Alinhada aos desafios tecnológicos do mercado de trabalho, a ILUMNO é a primeira empresa a oferecer cursos do MIT no Brasil: “É uma honra para a Ilumno assinar este acordo inovador com o MIT, que é, segundo vários rankings internacionais, a melhor instituição de ensino superior do mundo. Esta aliança nos permitirá continuar e materializar nossa visão de expandir o acesso à educação superior de qualidade na região”, disse Pete Pizarro, CEO e presidente da Ilumno.

Ambas as instituições têm a meta de continuar a ampliar o portfólio do acordo e oferecer cursos adicionais altamente relevantes para o mercado. O objetivo é trabalhar em conjunto para oferecer mais ferramentas e conhecimento a um maior número de estudantes, globalmente. O plano é lançar cursos sobre Inteligência Artificial (AI) e Aplicativos de Negócios (Business Applications) ainda em 2018.

O objetivo principal da Ilumno é disponibilizar acesso ao que há de mais moderno no meio acadêmico mundial, e os programas derivam da crença de que em 2020 haverá 50 bilhões de dispositivos conectados à Internet. Segundo especialistas do MIT, o grande desafio será capitalizar essa evolução em hardware, software e dados como uma oportunidade disruptiva para o futuro das empresas.

Em busca de decisões rápidas e assertivas, as organizações vão investir em capacidades analíticas para trazer cada vez mais inteligência e insight aos seus processos. O curso de Big Data vai oferecer aos alunos oportunidades únicas de entender como os dados podem fazer a diferença no futuro de qualquer organização.

“Estamos entusiasmados de trabalhar com a Ilumno para oferecer educação de alta qualidade a estudantes na América Latina,” declarou a professora Daniela Rus, diretora do Laboratório de Ciência da Computação e Inteligência Artificial do MIT (CSAIL) e detentora do título de Andrew (1956) and Erna Viterbi Professor of Electrical Engineering and Computer Science. “O MIT possui um rico histórico em educação online e estamos ansiosos por continuar a inovar nesse espaço com colaboradores como a Ilumno.”

Startup Kakau reinventa o mercado de seguros ao apostar em tecnologias como IA e Big Data

KAKAU_JRL_8559.jpg

Ao falar sobre seguros, a maioria dos brasileiros ainda pensa em muita burocracia e papelada para assinar. Mas a startup Kakau acaba de chegar ao mercado com o intuito de mudar essa visão. 100% digital, a InsurTech (termo que nasceu da junção deinsurance – seguro – com technology) se apoia no uso de tecnologias como inteligência artificial e big data para descomplicar a aquisição e o uso do seguro. Com mensalidades a partir de R$19,00, a startup deseja que cada vez mais brasileiros possam proteger o seu patrimônio.
Por enquanto, a Kakau comercializa seguro residencial, com diferentes planos para casas e apartamentos. Futuramente, outras modalidades de seguros irão entrar para o catálogo da empresa. O principal atrativo para novos clientes é o fato de a plataforma ser muito mais acessível para o usuário, sendo o primeiro seguro por assinatura do mercado, isso significa que, o próprio segurado pode solicitar a aquisição ou o cancelamento do serviço quando quiser através de um computador, tablet ou smartphone.
No caso de um sinistro, a inteligência artificial é utilizada para gerar índices de precisão e facilitar o processo de assistência. Por isso, o serviço é oferecido ao segurado de maneira ágil e transparente.
Vale ressaltar também que o trabalho desenvolvido com a assistente pessoal de seguros Anna, inteligência artificial que realiza atendimentos on-line e está programada para aprender a cada atendimento e, com isso, tornar-se referência em informação e assistência para os clientes da Insurtech, melhorando constantemente a experiência do usuário.
A cada contratação, uma nova doação 
Além de descomplicar o conceito de seguro e oferecer aos brasileiros a possibilidade de proteger seu patrimônio com um preço justo e sem burocracia, a Kakau também deseja criar uma comunidade on-line que traga benefícios para toda a população. Por isso, a cada contratação, a startupfaz uma doação para a ONG Teto.
Com mais de 10 anos de atuação na América Latina e Caribe, a Teto realiza um trabalho nas comunidades carentes para superar a pobreza e a exclusão, por meio do trabalho conjunto entre voluntários e as famílias atendidas. A ONG constrói moradias mais dignas e cria lideranças representativas para as comunidades.
Três sócios e um investimento de R$ 650 mil 
A Kakau Seguros é fruto da união de três sócios: Henrique Volpi, Marcelo Torres e Diogo Russo. A ideia surgiu quando Henrique realizava um curso sobre fintechs no MIT e as InsurTechs foram o seu tema no projeto de avaliação. “Gostei muito do tema e queria trazer algo assim para o Brasil. Quando voltei, apresentei a proposta para o Diogo e o Marcelo e juntos desenvolvemos o negócio. Para começar, realizamos um período de testes e depois recrutamos uma seguradora e uma corretora como parceiras estratégicas”, explica Volpi. Com lançamento oficial realizada no mês de setembro, a Kakau conta atualmente com mais de 1.000usuários cadastrados.
Para a estruturação e lançamento da empresa, os sócios não contaram com nenhuma ajuda externa, investindo R$ 650 mil reais próprios. Agora em 2017, a empresa já conta com apoio de anjos e pretende aumentar isso em 2018.
Sobre a Kakau Seguros 
A Kakau é uma empresa de tecnologia que  convida você a ter um futuro seguro. Primeira InsurTech brasileira 100% digital, a plataforma oferece acesso rápido e fácil para que o próprio segurado consiga solicitar ou cancelar serviços. A seguradora inova também ao fazer o uso de tecnologias como inteligência artificial e big data.
Com planos a partir de R$19,00 para seguro residencial, a startup tem como objetivo oferecer a cada vez mais brasileiros a possibilidade de protegerem seu patrimônio com um preço justo e sem burocracia. Saiba mais no site: https://www.kakau.co/

Por menos de 500 reais, você pode virar um ciborgue durante evento em SP

Amal-DT-4.jpg

Abrir a catraca de acesso do trabalho, pagar as contas, controlar o smartphone e os eletrodomésticos de casa, tudo isso apenas com o movimento das mãos. Essas são algumas das coisas que 100 paulistanos poderão fazer no próxima semana, após se tornarem ciborgues.

No próximo sábado (11), Amal Graafstra, americano inventor do biochip programável, será um dos principais palestrantes do Roadsec, o maior festival de cultura hacker da América Latina. Além de falar sobre “Transumanismo” para mais de 5 000 hackers, programadores e profissionais da segurança da informação, Graafstra fará pessoalmente o implante da tecnologia em 200 participantes do evento.

Os biochips usam tecnologia RFID, têm o tamanho de um grão de arroz e são implantados na mão. Eles podem ser configurados para diversas atividades, como substituir crachás de proximidade, destravar celulares compatíveis com a tecnologia NFC e armazenar informações pessoais, como ficha médica ou senhas de uma carteira de bitcoin, por exemplo. Para virar um ciborgue, os participantes vão desembolsar 490 reais.


Amal Graafstra é o CEO da Dangerous Things, empresa que produz os dispositivos. Ele é uma das referências mundiais em aplicação de chips em humanos e entusiasta do transumanismo, movimento intelectual que visa transformar a condição humana através do desenvolvimento de tecnologias amplamente disponíveis para aumentar consideravelmente as capacidades intelectuais, físicas e psicológicas.

O Roadsec SP17

O Roadsec SP17, o maior festival de cultura hacker da América Latina, volta a São Paulo para sua quarta edição e terá a maior infraestrutura e programação da sua história. Serão quase 24 horas de atividades focadas em promover a troca de conhecimento entre hackers brasileiros e os maiores especialistas do mundo e desmistificar essa figura tão controversa.

O evento receberá mais de 40 palestras e painéis com as principais novidades desse universo divididas em 5 trilhas (Segurança, Hacking, Tecnologia, Comunidades e Carreira). A figura central do dia será John Draper, O Capitão Crunch, uma das figuras mais icônicas do universo hacker, e  Amal Graafstra, o inventor do Biochip que, além de apresentar uma palestra sobre transhumanismo, implantará a tecnologia em 100 participantes do evento, criando a primeira centena de “Hackers Ciborgues” do país.

Em paralelo, um galpão de atividades repleto de inovação, como ringue de batalha de robôs, pilotagem de drones e realidade virtual vai saciar a curiosidade de quem gosta de colocar a mão na massa.

Hackaflag – a final nacional do maior campeonato de invasão de sistemas da América Latina

Pela primeira vez, o maior campeonato de invasão de sistemas da América Latina será disputado em duas categorias: individual e em grupos. Na primeira, os 18 campeões estaduais eleitos ao longo do ano vão disputar a final nacional para levar uma viagem para Las Vegas, nos EUA, e participar da DefCon, a maior conferência hacker do mundo.

Na segunda, um formato inédito será inaugurado. Os cinco melhores times de hackers do país formarão as equipes de ataque e profissionais de Segurança da Informação de grandes empresas e órgãos governamentais colocarão à prova sua capacidade técnica no papel da defesa.

Feira de Recrutamento

Pela primeira vez, o evento abrirá um espaço para que as grandes empresas, como Itaú e Soluti, encontrarem e entrevistarem hackers e talentos da Segurança da Informação. Mesmo com salários generosos para novatos e uma demanda crescente –  até 2022, o déficit de profissionais na área deve beirar 1,8 milhão de vagas – as posições levam meses para serem preenchidas.  


A expectativa é que mais de cinquenta jovens talentos sejam contratados durante todo o evento.    


Música e cultura – O primeiro festival de Nerdcore do Brasil

Além da troca de conhecimento, o Roadsec propõe uma imersão na cultura hacker. Para essa edição, o evento trará o dois maiores expoentes do NerdCore (uma espécie de Hip Hop Hacker): Dual Core e YTCracker, que serão acompanhados de DJs e de shows especiais com as bandas Raimundos e Matanza.


Roadsec SP17

Quando: 11 de Novembro

Horário: Começa às 09h e vai até às 5h do dia 12.

Onde: AUDIO

Av. Francisco Matarazzo, 694, Barra Funda – São Paulo

Saiba mais: roadsec.com.br/saopaulo2017/


Ingressos:
1º lote (meia): R$ 80

1º lote (inteira): R$ 160

Agfa HealthCare nomeia Murilo Fernandes para Business Unit Manager do Engage Suite para a América Latina

image001

Murilo Fernandes acaba de assumir o cargo de Business Unit Manager para a América Latina da Solução de Portal – Engage Suite da Agfa HealthCare. O executivo acumula também o cargo de gerente de Desenvolvimento de Novos Negócios para TI, posição em que atua desde o início de 2017. Fernandes faz parte do time da Agfa HealthCare há quase 10 anos, quando ingressou na empresa em  2008 como executivo de Contas.

O executivo fará a gestão do Engage Suite: Integração completa entre paciente, médico e instituição, uma plataforma orientada ao fluxo clínico e administrativo de processos que possibilita a gestão integral da saúde do paciente. O sistema possibilita o compartilhamento de informações de seu prontuário, prescrições, resultados, imagens e documentação clínica a pacientes e médicos, acesso a linha do tempo do paciente, gráficos, alerta de exames e inclusão das informações de batimentos cardíacos. Além disso, o Engage Suite integra com os dispositivos inteligentes IoT para inserção de dados remotamente, sem contar que é possível visualizar o sistema por meio de todas as plataformas, como smartphones, tablets, notebooks e desktops.

Por ser uma ferramenta de forma integrada, o Engage Suite dispensa impressões em CDs/DVDs na entrega de resultados, permite o acesso a imagens por meio de qualquer visualizador PACS, possibilita download e upload de informações pelo paciente ao seu prontuário eletrônico, além de reduzir o custo e otimizar tempo entre agendamento de exames e entrega de resultados.

 

5 passos para ser mais organizado com ajuda da tecnologia

unnamed (1)

Os atrativos da internet muitas vezes contribuem para que as pessoas se tornem mais dispersas e sem foco. No entanto, quando utilizada de maneira adequada, a rede oferece diversas ferramentas capazes de transformar até o mais desorganizado dos internautas em exemplo de planejamento e pontualidade.

Henrique Carmellino Filho, Diretor de Operações da SIEG(www.sieg.com), dá 5 conselhos imperdíveis para quem busca uma forma eficiente de sair do caos e ter um cotidiano mais organizado com o auxílio da tecnologia. Confira:

 

1 – Use e abuse da agenda

Há séculos a agenda é a maior aliada das pessoas organizadas. Ali estarão presentes as datas e horários de reuniões, eventos, aniversários, consultas médicas e todos os compromissos que fazem parte do nosso dia a dia. Utilizar um aplicativo de agenda, como o Google Agenda (Google Calendar no iOS), significa ter no bolso, a um toque, informações fundamentais para planejar seus dias e não deixar passar nada. Se você for do tipo que esquece até mesmo de consultar a agenda, é simples: basta ativar as notificações e não terá mais desculpas para atrasos e esquecimentos.

 

2 – Faça listas e anotações

Criar listas das tarefas a serem realizadas no dia ou na semana seguinte é outro passo interessante, sempre estabelecendo prioridades de acordo com a urgência de cada uma e definindo objetivos. Anotar aquela ideia brilhante que veio à mente de repente, no caminho do trabalho ou na hora de dormir, também é outra prática que pode ter recompensas impagáveis. Para essas finalidades, softwares como Google Keep, Any.do e Evernote são ótimas opções.

 

3 – Salve seus arquivos na nuvem

Salvar arquivos em locais seguros e de fácil acesso é imprescindível nessa jornada de organização. Afinal, ter imagens e documentos importantes roubados por hackers ou simplesmente deletados é das piores experiências. Uma solução interessante para essa questão é o armazenamento em nuvem (ou cloud computing), que permite salvar arquivos em um espaço virtual. Lá, os documentos ficam a salvo, e só você poderá ter acesso através de login e senha. Google Drive e OneDrive são duas opções acessíveis e excelentes.

 

4 – Adote os mapas mentais

De nada adianta organizar suas tarefas e compromissos se em sua mente as coisas ainda não estiverem muito claras. É aí que entra a importância de se desenvolver mapas mentais, que funcionam como uma espécie de software cerebral e oferecem um suporte para estruturar e aprofundar o pensamento e a comunicação, pontos fundamentais especialmente em trabalhos criativos. MindMeister e MindNode são duas das várias aplicações que fornecem um bom serviço.

 

5 – Controle suas finanças

Lidar com dinheiro não é o seu forte? A tecnologia também pode te dar uma mão no gerenciamento de suas finanças pessoais e controlar o vendaval que parece se apossar de suas notas logo no começo do mês. Apps especializados em registrar seus gastos e transações, criar alertas de pagamentos e gerar gráficos e relatórios estão aí justamente para te ajudar com isso. É o caso de softwares como GuiaBolso, Minhas Economias e Organizze.