Soluti apresenta nova solução de Certificação Digital em nuvem para bancos e dispositivos mobile

Michel Medeiros - CEO da Soluti.JPG

O aumento no número de consumidores que aderiram aos meios de pagamento digitais já é uma realidade no Brasil. Em uma recente pesquisa divulgada pela FEBRABAN, o mobile banking é o principal canal dos brasileiros para operações bancárias. Em 2016, o canal apresentava 11,2 bilhões de transações. Hoje, já representa um terço das transações feitas no país, passando para 21,9 bilhões neste ano. Diante deste cenário, a Soluti, empresa que mais cresce no segmento de soluções para autenticação e Certificação Digital no mercado brasileiro traz a principal ferramenta voltada ao universo de internet e mobile banking: o Certillion Cloud Mercado Financeiro.  “Trata-se de uma ferramenta capaz de armazenar em nuvem os Certificados Digitais de pessoas e empresas utilizando assinaturas digitais de forma mobile que ajudam a proteger o usuário e, ao mesmo tempo, beneficiar bancos e instituições financeiras que fornecem produtos e serviços online, agora com validade jurídica. Esta é a solução mobile que permite visualizar no próprio celular os contratos a serem assinados digitalmente – ressaltando que as assinaturas são compatíveis com a ICP-Brasil, o que garante validade legal para as transações autorizadas – além de ser compatível com os principais sistemas mobile: Android, iOS, Blackberry, o que facilita a integração em multiplataformas”, explica Vinicius Sousa, presidente do conselho administrativo da Soluti.

Cada vez mais as pessoas usam smartphones para realizar operações bancárias. No entanto, a segurança é a principal preocupação de quem ainda teme em se relacionar com instituições bancárias de forma totalmente online. “Este é o diferencial do Certillion Cloud Mercado Financeiro, pois ele garante a comunicação simultânea entre usuários e bancos tendo o total controle das contratações online certificadas. Assim, o cliente pode solicitar qualquer serviço bancário, independentemente se estiver no Brasil ou no exterior, pois terá toda a segurança e autenticidade possível”, afirma Michel Medeiros, CEO da Soluti.

Além do Certillion Cloud Mercado Financeiro, a Soluti leva possui outras soluções que garantem a segurança na prestação de serviços e transações online. Conheça abaixo cada uma delas.

 

SSL

Garantir segurança e credibilidade é um dos principais desafios enfrentados na era digital. Segundo dados de pesquisa realizada pela Kaspersky Lab com a B2B International, o Brasil é o nono país da América Latina que mais sofre ataques cibernéticos, com uma média de seis golpes virtuais por segundo. Em paralelo a isso, os brasileiros estão mais confiantes na hora de fazer compras pela internet. Numa pesquisa feita pela SPC Brasil, 93% das pessoas que fazem compras online já estão no meio há mais de três anos. No entanto, 8% ainda mantém algum receio de fazer compras em lojas virtuais.

Diante desse contexto, a ferramenta SSL vem ganhando cada vez mais importância. Ela tem como função criptografar informações sobre determinado site, dando a garantia de que os dados nele prestados são seguros, autênticos e confiáveis, aumentando assim a sua credibilidade perante aos visitantes. Com ele, os websites são protegidos e não correm o risco de brechas na segurança.  Além disso, o SSL possui um sistema que exibe no navegador do site um indicador na barra de endereço na cor verde e apresenta a razão social da empresa, gerando uma percepção mais segura ao usuário.

 

S.LOGIN

Esta ferramenta é implementada em sistemas de bancos, e-commerces ou sites públicos para cadastramento de informações dos clientes, mediante uma autenticidade digital. Assim, quando o usuário faz o login do seu domínio, as informações são migradas via Certificação Digital à instituição, evitando a possibilidade de clonagem dos dados do cadastro, garantindo agilidade e proteção durante as transações.

 

S.PAG

Criada no formato mobile, o S.PAG mantém o controle e aprovação todas as aquisições e transações financeiras realizadas via internet. Após uma coleta de informações, o mecanismo envia uma autenticação ao usuário pelo aplicativo sobre as compras realizadas e checa se coincidem com os dados fornecidos. Desta forma, o consumidor tem a autonomia de reconhecer as compras ou não de forma prática e simultânea, sem a necessidade de contato com a empresa prestadora do serviço.

 

S.DNA

Tem como característica reunir informações pertencentes a um indivíduo, empresa ou produto através de um Certificado de Atributo que reúne as informações do usuário via autenticação.  Também possui um recurso de comunicação de dados, compilando informações sobre um determinado usuário ou empresa para acesso à terceiros, via QR Code. Um dos exemplos do uso dessa nova tecnologia são as novas carteiras de habitação (CNH), que agora usam o código na parte interna do documento e podem ser lidos com a câmera de um smartphone de forma fácil e acessível, evitando fraudes.

 

S.POS

Hoje em dia, as plataformas online já representam 38% dos pedidos delivery no Brasil, seja por meios de aplicativos ou via web, como mostra uma pesquisa realizada pelo Ibope. Ciente dessa realidade, a ferramenta S.POS simplifica a emissão de Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica (NFC-e) instalando o Certificado Digital direto na maquininha de cartão, substituindo o cupom fiscal. Isso facilita no armazenamento das operações comerciais de venda presencial ou venda para entrega em domicílio ao consumidor final.

McAfee firma parceria com Scunna para ofertar soluções de segurança completas como serviço

Mc Free

A McAfee firmou uma nova parceria com a Scunna, fornecedora de soluções de segurança e performance de TI com sede em Porto Alegre, para oferecer aos clientes produtos da McAfee inseridos em soluções de segurança como serviço.

As duas empresas já são parceiras há quase 20 anos e agora a Scunna passa a fazer parte do programa Managed Service Provider (MSP), que permite ofertar os produtos da McAfee como serviço, encapsulados em suas soluções customizadas. Ao unir os produtos aos seus serviços de valor agregado, a Scunna fica responsável por instalar, monitorar e prestar suporte remotamente aos clientes, enquanto mantém o controle sobre a marca, licenciamento, garantia e preço dos produtos.

Marcio Kanamaru, diretor-geral da McAfee, conta que a Scunna é um parceiro engajado e seus técnicos certificados têm profundo conhecimento sobre os produtos. “A nova parceria traz diversos benefícios para os clientes da Scunna, incluindo a proximidade geográfica com o cliente, o amplo conhecimento sobre as ofertas, serviços de qualidade na instalação e suporte, além de maior facilidade no pagamento e aquisição das soluções”, explica.

Gustavo Pauletti Gonçalves, diretor comercial da Scunna, comenta que a empresa já comercializava alguns produtos da McAfee como serviço, especialmente soluções de endpoint voltadas para pequenas e médias empresas. “Agora a nossa oferta será mais abrangente e madura, direcionada para a resposta aos incidentes”, diz Gonçalves. Com este novo modelo MSP a Scunna passa a oferecer soluções mais complexas e sofisticadas com produtos como o Endpoint Detection Response (EDR), gerenciamento de eventos e informações de segurança (SIEM), McAfee Threat Intelligence Exchange (TIE), entre outros.

Para Gonçalves, o maior benefício é a total flexibilidade na forma de contratação, já que o cliente pode aumentar ou diminuir o número de licenças de um mês para outro, de acordo com a sua necessidade. “No caso de um e-commerce, por exemplo, que precisa de maior suporte de segurança em datas comemorativas é possível criar um pacote que atenda as suas necessidades especificas para essas datas. Além disso, com o modelo pay-per-use, o cliente só começa a pagar quando o serviço já está ativado e em uso”.

Com operação em Porto Alegre e São Paulo, a Scunna está apta para atender empresas de todos os portes e todas as verticais, nas regiões Sul e Sudeste.

TOTVS une lojas físicas e virtuais de redes e franquias em uma única solução

totvs

A transformação digital chega ao segmento de franquias com o lançamento do novo PDV para moda, realizado pela TOTVS durante a ABF Franchising Expo, que vai de 21 a 24 de junho no Expo Center Norte, em São Paulo. O vendedor consegue fazer o atendimento completo apenas com um dispositivo móvel em mãos, de qualquer área da loja e sem ficar preso a um caixa fixo ou ao seu estoque na hora da venda. É um novo conceito de relacionamento com o consumidor, que começa a ser realidade para o mercado brasileiro.

Criado para endereçar as facilidades e conveniência desejadas pelo consumidor de hoje, o novo PDV agrega importantes recursos para que nenhum cliente saia da loja sem o que procura. Pensando em uma rede de moda, a solução permite que o vendedor consulte diretamente no tablet ou smartphone os tamanhos e cores disponíveis de determinado produto e, caso não tenha o desejado, também consegue checar o estoque das demais unidades, realizar a compra e encaminhar a entrega para a casa ou qualquer outro local de retirada escolhido.

Este tipo de experiência de compra é a chamada “prateleira infinita” e, além de melhorar a satisfação do consumidor final, eleva o poder de gestão das empresas, que têm possibilidades de trabalhar melhor o seu mix de produtos e ter em estoque somente as peças que apresentam melhor saída, ao mesmo tempo em que continuam com todas as ofertas de modelos e tamanhos especiais, como PP ou EG, disponíveis virtualmente. Dessa forma, há redução no custo de transporte do centro de distribuição para as lojas, que não precisam ser abastecidas com um volume tão completo, e consegue-se fazer uma produção mais enxuta, atendendo ao cliente da mesma forma.

Assim, as franquias passam a potencializar seu grande ponto forte: a presença estratégica como ponto de relacionamento e conveniência ao consumidor, além de fazer parte da experiência de compra multicanal e fazer mais vendas. Já o franqueador garante um padrão de atendimento e fidelização com a marca esteja onde estiver.

A novidade é 100% cloud e facilita que toda a rede franqueada se mantenha atualizada tecnologicamente, uma vez que a nuvem permite a rápida adoção de melhorias, desde novas funcionalidades até mudanças de legislação. Mas, para que a operação não fique à mercê da disponibilidade de conexão, muito oscilante em lojas de shoppings, por exemplo, a TOTVS preparou o PDV para operar tanto em modo online quanto offline. Dessa forma, as vendas continuam acontecendo normalmente, inclusive emitindo as notas fiscais em formato de contingência, o que dá tranquilidade para o lojista.

“Queremos levar ao varejista, franqueador ou franqueado, a possibilidade de se relacionar com seus clientes, fazendo das visitas um momento de interação e fidelização, não apenas uma venda. Com o PDV tornamos simples e fácil a experiência da multicanalidade para redes e franquias, unindo o físico e o virtual em uma única solução. A loja do futuro está acontecendo agora e a TOTVS é a parceira das empresas para tornar isso uma realidade no Brasil”, afirma Ronan Maia, vice-presidente de Distribuição e Varejo da TOTVS.

Durante a ABF, a TOTVS apresentará em seu estande uma loja com experiências completas, pensadas tanto do ponto de vista de gestão dos negócios, quanto em relação às necessidades de um novo consumidor, cada vez mais exigente e conectado. A companhia apresentará um leque de soluções para franquias, como o seu software de gestão vocacionado, hardware e o aplicativo RetailApp – primeira plataforma de inteligência de vendas em formato app do varejo brasileiro.

Serviço – ABF Franchising Expo

Data: 21 a 24 de junho

Local: Expo Center Norte – Pavilhões Branco e Azul

Estande TOTVS: Pavilhão Branco – Rua L223

Aplicativo disponibiliza mais de 600 aulas para quem quer se capacitar a partir de R$3,99 por semana

Qualifica.jpg

A modalidade de ensino mobile learning tem crescido no Brasil e já é uma alternativa de capacitação para quem, por exemplo, não tem como frequentar presencialmente uma instituição, seja por falta de tempo ou condições financeiras. Tudo é feito via aplicativo, de forma simplificada e fácil de usar. Com conteúdo de qualidade e, principalmente, baixo custo, o mobile learning tem sido a opção de muitos brasileiros. Inclusive, em março deste ano, o IBGE divulgou uma pesquisa apontando que mais de 40 milhões de brasileiros gostariam de fazer cursos de qualificação profissional, mas apenas 3,4 milhões frequentaram algum curso em 2014.

Outros dados da FGV e do Futuro Digital em Foco Brasil reforçam a tese de que a educação via dispositivos móveis já pode ser considerada uma forte tendência. De acordo com pesquisas feitas pelas instituições, 151,5 milhões de brasileiros tinham smartphone em 2015, sendo que 9,7 horas mensais são gastas pelos brasileiros nos celulares e 35% mexem no smartphone a cada dez minutos.

Desde outubro do ano passado, os brasileiros contam com uma ferramenta para adquirir conhecimento, a qualquer hora e em qualquer lugar, determinando o seu ritmo de estudo. Trata-se do aplicativo QUALIFICA CURSOS, um projeto desenvolvido pela mLearn e que conta com a tecnologia Zenvia, companhia brasileira que viabiliza a comunicação entre empresas e consumidores por meio de seus dispositivos móveis.

Para Ricardo Drummond, CEO da mLearn, projetos de mobile learning como o QUALIFICA são grandes propulsores do conhecimento e da democratização do saber. “As plataformas m-learning estão contribuindo para que os usuários aprendam o que desejam de modo mais rápido, em qualquer lugar e a qualquer hora; por exemplo, dentro do ônibus, aproveitando melhor o tempo de deslocamento de casa para o trabalho, adquirindo conhecimento”, afirma Drummond.

O aplicativo QUALIFICA funciona como um sistema complementar voltado para pessoas que estão iniciando a vida profissional, para quem deseja se aperfeiçoar em determinada área ou para quem simplesmente deseja aprender como tirar fotos incríveis com seu smartphone.

Com mais de 600 aulas disponíveis e planos acessíveis (R$ 3,99 semanal / R$ 9,99 mensal), o QUALIFICA disponibiliza cursos diversos para seus usuários. Entre eles: Preparatório para o Enem, Inglês, Colocação no Mercado de Trabalho, Empreendedorismo, Controle seu Dinheiro, entre outras opções.

Para fazer os cursos do QUALIFICA os alunos não precisam sequer ter um cartão de crédito. Pois, o aplicativo cobra por meio de tarifação pelas contas das operadoras de telefonia móvel (Claro,Oi e Vivo). “Nosso modelo de negócios viabiliza a assinatura dos serviços sem um cartão de crédito e garante preços baixos, uma vez que a parceria com as operadoras oferece escala para a operação do serviço”, destaca Drummond.

O aplicativo possui diversas funcionalidades: cursos, provas, certificados, exercícios, socialização, notícias, entre outras. O aluno não precisa estar online para acessar os conteúdos. Basta fazer download das lições, estudar e se qualificar. Um dos diferenciais é que o QUALIFICA é integrado com as redes sociais e o aluno participa de um jogo onde tudo o que ele faz é avaliado e pontuado, a medida que ele estuda ganha pontos, medalhas e vai mudando de nível. “A vantagem é que com todos estes elementos de gamification, temos um maior engajamento dos alunos e, consequentemente, maior aprendizado”, conclui Drummond.

Imobiliárias adotam tecnologia que garante fiança do imóvel com base no cartão de credito

Blog 20-06.png

A temida inadimplência aumentou o nível de exigência, dos proprietários ou das imobiliárias, na hora de aprovar o cadastro do inquilino. Para sair na frente, mais de 350 imobiliárias no Brasil passaram a oferecer uma novidade criada por uma startup catarinense, a Credpago, que propõe a garantia da fiança baseada apenas no limite do cartão de crédito. A empresa, que já está avaliada em pelo menos R$ 60 milhões, tem como um dos investidores o ator Bruno Gagliasso.

“O negócio da CredPago é único e sem igual em todo o mundo. Quando me interessei pelo modelo de negócio, contratamos uma pesquisa para ver se havia algo similar no mercado. Não encontramos nada igual ao que a CredPago faz em nenhuma parte do mundo, sendo que pesquisamos países da Ásia, Europa e Estados Unidos. A facilidade que a CredPago proporciona, de o locatário apresentar apenas o seu cartão de crédito e em menos de 15 minutos poder concluir a sua locação, foi decisiva para eu entrar no negócio”, comenta Gagliasso.

Não precisa assinar nenhum papel ou ir ao cartório; o procedimento é todo pela internet. “Basta que o cliente apresente a última fatura paga do cartão de crédito com limite correspondente a, pelo menos, três vezes o valor do aluguel de qualquer lugar do Brasil para que o algoritmo consiga identificar o comportamento do inquilino e determinar, analisando também outros bureaus, se as propostas serão aprovadas ou não”, explica o CEO da CredPago, Jardel Cardoso.

Entenda o funcionamento

A liberação do aluguel a partir da análise do limite do cartão de crédito acontece da seguinte maneira: na imobiliária credenciada à Credpago, o futuro inquilino apresenta os dados pessoais, o número do cartão de crédito e a cópia da última fatura paga com limite aprovado correspondente a três vezes o valor do aluguel. Se o aluguel for de R$ 1 mil, o cliente precisa de um limite de R$ 3 mil.

Depois, a Fintech promete uma análise de crédito em até 15 minutos, graças a algoritmos que checam o limite e a data de validade do cartão, além de registros em Serviço de Proteção ao Crédito e Serasa e, com base nessas informações, atribuem um score ao cliente. Se aprovado o cadastro, inquilino e garantidor recebem um e-mail com os termos do contrato com a Credpago e, para dar continuidade, basta aceitá-lo e inserir o código de segurança do cartão de crédito informado. A imobiliária também receberá, via sistema, um documento que autoriza a assinatura do contrato de locação.

A taxa de serviço é de 8% do valor do aluguel anual. Esse valor é divido em 12 parcelas no cartão do inquilino. Ao final de um ano, o inquilino terá pagado menos de um aluguel para garantir a locação.

Em caso de inadimplência, os custos são os que constam no contrato de locação. Caso o inquilino inadimplente não consiga pagar o aluguel atrasado, a CredPago oferece opção de parcelamento do valor devido no cartão de crédito com juros, que variam de 2,99% a 4,99% ao mês). Se não houver limite no cartão para isso, a startup poderá parcelar os valores por meio de boleto bancário.

Instituto Mauá de Tecnologia apresenta célula de Indústria 4.0 na FEIMAFE 2017

Mauá.png

De 20 a 24 de junho o Instituto Mauá de Tecnologia estará presente na 16ª FEIMAFE com um estande de 55m². A ideia de participar do evento surgiu em decorrência do pioneirismo e da intensa atuação da instituição no âmbito da manufatura avançada e do apoio à competitividade para PMEs.

No espaço, a Mauá apresentará um setup de uma célula de manufatura industrial com a aplicação dos conceitos da manufatura avançada (Indústria 4.0), que será capaz de produzir um estojo com tampa personalizada, caneta e pen-drive, que serão entregues aos visitantes, em tempo real.

“Todo o funcionamento dos equipamentos da célula está alinhado aos conceitos de integração, inteligência e conectividade presentes na manufatura avançada”, afirma o professor do curso de Engenharia de Controle e Automação do Instituto Mauá de Tecnologia e coordenador do projeto, Fernando Silveira Madani.

Para o prof. Madani, ter um estande na FEIMAFE é fundamental para a Mauá. “A oportunidade permite que a instituição divulgue suas ações voltadas ao setor e contribui de maneira eficaz com a competitividade e o uso racional das tecnologias e recursos da industrial nacional”.

Tecnologia e educação lado a lado

Prezando por aproximar seus alunos do mercado de trabalho, o Instituto Mauá de Tecnologia utilizou a oportunidade de participar da FEIMAFE para inserir seus alunos no projeto. Toda a ação de integração da célula – desde sua concepção, até a apresentação e acompanhamento dos visitantes durante a feira – está sendo executada por uma equipe de 16 alunos e ex-alunos recém-formados, que, orientados por docentes, estão inseridos como Corpo Técnico, Monitores de Projeto e Estagiários.

Formação de competência em manufatura avançada

O Instituto Mauá de Tecnologia e seu Centro de Pesquisas, junto aos grupos de Sistemas Mecatrônicos Inteligentes e Robótica e Sistemas Produtivos Inteligentes, estão sempre em busca do desenvolvimento de diferentes ações para a formação de competência em manufatura avançada.

O foco dessas ações está na aplicação de conceitos ao parque industrial nacional de micro, pequenas e médias indústrias e tem como intuito preparar profissionais, gerando e difundindo o conhecimento, além de assistir parceiros nesta área.

Confira abaixo toda a programação da Mauá na FEIMAFE no estande central – Arena de Robótica:

20/06

Horário: 18h

Palestra: Aplicação e benefícios da manufatura digital no desenvolvimento dos processos industriais automatizados incluindo aplicação de robôs

Palestrante: Professor Fernando Madani

21/06

Horário: 19h

Palestra: Utilizando o legado de máquinas e equipamentos no caminho da manufatura avançada

Palestrante: Professor Fernando Madani

22/06

Horário: 19h

Palestra: Competitividade para pequenas e médias empresas

Palestrante: Professor Antonio Cabral

23/06

Horário: 19h

Palestra: Competitividade para pequenas e médias empresas

Palestrante: Professor Antonio Cabral

24/06

Horário: 10h

Palestra: Utilizando o legado de máquinas e equipamentos no caminho da manufatura avançada

Palestrante: Professor Fernando Madani

24/06

Horário: 13h

Fórum FEIMAFE 

Debate: A Formação e o Emprego do Futuro

Participante: Professor Marcelo Nitz

Serviço

16ª FEIMAFE – Feira Internacional de Máquinas-Ferramenta e Sistemas Integrados de Manufatura

Data: de 20 a 24 de junho de 2017

Horários: 3ª a 6ª feira das 11h às 20h / sábado das 9h às 17h

Local: Expo Center Norte

Endereço: Rua José Bernardo Pinto, 333 – Vila Guilherme – São Paulo

www.feimafe.com.br

GOL lança check-in por reconhecimento facial no celular

gol

A partir de hoje, o Selfie Check-In da GOL, recurso que usa o reconhecimento facial para a realização do check-in, já está disponível para todos os clientes da companhia, por meio do aplicativo da ​empresa no celular. A GOL é a primeira aérea no mundo a oferecer essa possibilidade aos passageiros, tanto em voos domésticos quanto internacionais.

Para usar a ferramenta, basta baixar e abrir o aplicativo GOL no smartphone ou tablet e fazer um cadastro da biometria facial, sem necessidade de inclusão de qualquer outro dado adicional, nem mesmo o localizador da viagem. Nos próximos voos, o check-in poderá ser feito no aplicativo apenas com o reconhecimento facial do cliente.

A novidade foi anunciada em maio, e desde então, esteve em testes internos e também com alguns clientes para verificação e apuração da ferramenta. Agora, todos os passageiros já poderão usufruir deste recurso inédito.

A GOL tem investido em novos recursos em seu aplicativo para se aproximar do consumidor e proporcionar aos passageiros um processo de viagem cada vez mais simples e ágil. As ações da companhia no mobile garantiram a GOL uma importante classificação no ranking MDEX, entre as empresas brasileiras com melhor desempenho neste quesito.

O Selfie Check-In foi implementado pela área de tecnologia da GOL em parceria com a FullFace Biometric Solutions, empresa que disponibilizou a tecnologia para reconhecimento facial. A FullFace é uma empresa especializada em identificação de pessoas, que desenvolveu uma tecnologia de fácil integração com hardware e software, facilitando processos de autenticação biométrico facial web e mobile. Com tecnologia inovadora e algoritmo próprio, a ferramenta garante 99% de precisão no reconhecimento biométrico individual a partir de 1024 pontos da face em menos de um segundo.

Além desta nova funcionalidade no aplicativo, a companhia ainda oferece aos seus clientes a possibilidade da realização do check-in por meio de outros canais, como os totens de atendimento, balcões e Twitter.

Clique aqui e entenda como funciona o Selfie Check-In!